VisitAlgarve - Portal de Turismo do Algarve

Trilho da Fóia

O percurso desenvolve-se a partir da Fóia, o ponto mais alto do Algarve, a 902 m de altitude, atravessando ambientes caraterísticos da Serra de Monchique. Neste maciço ígneo de sienito, cruzam-se influências mediterrânicas e atlânticas, resultando num ambiente ameno e híper-húmido, favorável à ocorrência de plantas raras e exclusivas.

Na Fóia, o horizonte abre-se em todas as direções, sendo possível avistar a costa vicentina, as serranias para norte e a sucessão de cerros e vales que desce até à costa sul. A vista estende-se pelo litoral até ao estuário do Arade, a nascente, e à Ponta da Piedade, a poente. Neste ambiente pedregoso e de pequenos arbustos podem ser facilmente observados alguns pequenos passeriformes como o papa-amoras, o pintarroxo ou a cia.

O caminho desce abruptamente por um trilho de terra, entre matagais altos e socalcos onde se plantam cerejeiras, macieiras e castanheiros e se pastoreiam cabras e vacas. A vegetação espontânea consiste em urzais altos, rosmaninhais, tojais e estevais, envoltos em silvados e fetos.

Uma mata densa de pinheiro-bravo e eucalipto dá lugar a uma paisagem aberta, seguindo agora o caminho a meia-encosta e cruzando pequenas linhas de água. Neste local apreciam-se sobreiros e castanheiros de porte monumental e a restante vegetação exuberante, onde sobressaem os pilriteiros e as vistosas campainhas e adelfeiras. A adelfeira, uma relíquia das florestas de Laurissilva, é um endemismo ibérico que cresce apenas em Monchique, na Serra do Caramulo e no Maciço do Aljibe (Andaluzia, Espanha). Também a águia-de-Bonelli e o lagarto-de-água são espécies ameaçadas que têm aqui um dos seus refúgios em Portugal.

De volta à Fóia, já na vertente norte, avista-se o caos de blocos de sienito e o porte amoitado da vegetação denuncia a altitude. Observam-se facilmente, entre as urzes, as plantas exclusivas deste ambiente, sobretudo na primavera: o tojo-molar, a rosa-albardeira, a adelfeira e a arenária.

Concelho: Monchique
Localização:
Fóia
Tipo:
pedestre
Percurso Circular:
sim
Distância:
6,9 km
Duração média:
2 h
Subida acumulada:
355 metros D+
Tipo de caminho:
caminhos de terra e estrada
Início do percurso: 
37º 18' 56.05'' N 8º 35' 31.17'' W