VisitAlgarve - Portal de Turismo do Algarve

Ao Sabor da Maré

O percurso desenvolve-se ao longo de um cordão dunar - a restinga poente da Ria de Alvor - que protege a laguna do mar.

A Ria de Alvor constitui o mais importante estuário do barlavento algarvio; é um espaço propício ao crescimento de peixe jovem e de larvas de crustáceos e moluscos, funcionando como maternidade para muitas espécies marinhas de valor comercial. Atividades tradicionalmente ligadas à ria, como o cultivo de bivalves, confirmam a produtividade da laguna e o seu interesse socioeconómico. A comunidade piscatória mantém viva a pesca artesanal, utilizando artes como os aparelhos para peixe, o cerco e os covos para o polvo.

Notabilizam-se aqui diversos habitats de salgados. Nos sapais crescem plantas tolerantes ao sal e abrigam-se seres vivos que sustentam complexas relações tróficas. Para além da função de proteção costeira, os sapais retêm e degradam nutrientes e poluentes, sendo considerados os rins da terra.

A vida no estuário corre ao sabor do ciclo das marés. Quando a maré vaza, e enquanto os mariscadores apanham berbigão e ameijoa-boa, as aves aquáticas (sobretudo garças e limícolas, como os pilritos e os maçaricos) banqueteiam-se com os organismos que encontram nos rasos-de-maré.

Duas aves emblemáticas destas dunas são a chilreta e o borrelho-de-coleira-interrompida. Sendo residentes habituais nestas paragens, nidificam nas areias dunares. Quando querem fazer ninho, estas aves escavam uma pequena cova na areia e juntam pedacinhos de conchas.

Os sistemas dunares constituem habitats muito dinâmicos em que a areia e as plantas se encontram em permanente equilíbrio. A vegetação apresenta uma sequência típica ao longo da duna: o feno-das-areias e a eruca-das-praias são plantas pioneiras que crescem na linha da maré, já o vistoso narciso-das-areias e o estorno colonizam a crista dunar, fixando e estabilizando as areias.

Concelho: Portimão
Localização: Praia de Alvor
Tipo: pedestre e ciclável
Percurso Circular: sim
Distância: 4,8 km
Duração média: 2 h
Subida acumulada: 30 metros D+
Tipo de caminho: caminhos de terra batida e passadiço de madeira
Início do percurso: 37º 07' 35.26'' N 8º 35' 45.26'' W

Info-Agenda

Subscreva a nossa info-agenda e receba regularmente toda a informação de eventos no Algarve.

Consulte a nossa Política de Privacidade