VisitAlgarve - Portal de Turismo do Algarve

Áreas protegidas do Algarve

Áreas protegidas do Algarve

Venha descobrir a natureza no seu estado mais puro. O Algarve reserva-lhe surpresas e encantos únicos, em áreas protegidas de grande interesse ecológico, onde é possível apreciar verdadeiras riquezas da fauna e da flora, muitas delas raras ou em vias de extinção. As aves migratórias que sobrevoam estas zonas mágicas proporcionam um espetáculo singular para os amantes do birdwatching.

O Parque Natural da Ria Formosa é uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal e um ex-líbris do Algarve. Aqui irá encontrar espécies raras de plantas e animais preservadas no seu ambiente natural. Descubra as lagoas únicas que se estendem ao longo dos municípios de Loulé, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António.
A extensa vegetação, as lontras, cágados, flamingos, cegonhas, garças ou as raras galinhas sultanas são apenas alguns dos habitantes que encontrará nos parques naturais do Algarve.

Deixe-se apaixonar pelo Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, um santuário natural com uma orla marítima recortada por abruptas falésias, praias e dunas únicas no mundo. Dos 76 mil hectares deste parque natural, cerca de 80 quilómetros ficam em território algarvio, entre a praia de Odeceixe e a vila piscatória do Burgau. As aves são a grande atração deste paraíso, onde a fauna e a flora são surpreendentes. Embarque numa viagem pela Rota Vicentina e caminhe pelo coração deste parque natural.

A Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, junto à foz do Guadiana, abriga durante todo o ano 153 espécies diferentes. Com mais de 400 tipos de plantas, é um paraíso botânico ímpar. Surpreenda-se também com os magníficos camaleões, ao caminhar pela Mata Nacional de Vila Real de Santo António.

A Fonte da Benémola, atravessada pela ribeira da Fonte Menalva, é um local magnífico para o descanso e a descoberta de encantos geológicos rodeados por uma fauna e flora deslumbrantes. Aqui poderá ainda encontrar velhas noras e azenhas outrora utilizadas para irrigar os campos férteis das margens da ribeira.

A Rocha da Pena, com as suas escarpas calcárias e a lindíssima rosa-albardeira, dispõe de uma enorme riqueza natural que merece ser explorada com tranquilidade. Visite ainda vestígios de muralhas que se julga datarem da Idade do Ferro, o que mostra que já em tempos antigos esta zona era um local privilegiado para se viver.

Dê-se o tempo para apreciar estes paraísos naturais. Nada como uma caminhada tranquila para descobrir todos os percursos e rotas classificadas das áreas protegidas do Algarve.

Info-Agenda

Subscreva a nossa info-agenda e receba regularmente toda a informação de eventos no Algarve.

Consulte a nossa Política de Privacidade