Para visualizar correctamente este conteúdo "clique" no botão em baixo e faça download do último plug-in do Flash Player.

Obrigado.

Bonecas de Martinlongo e de Querença

Trapos e juta em forma de bonecas

Uma actividade artesanal e minuciosa que recria o quotidiano típico das aldeias algarvias, especialmente as da zona interior, é a confecção de bonecas.

As famosas bonecas de Martinlongo contam, cada uma delas, uma história sobre o quotidiano das gentes de Alcoutim. Maioritariamente femininas, estas bonecas reproduzem em pormenor elementos físicos e o modo de vestir das pessoas que lhes deram o nome, como é exemplo a Ti Zefa da Lenha. Todas têm um apanhado na bainha do vestido a fazer de pé, a cabeça adornada, e muitas empunham utensílios que ajudam a identificar as actividades que representam.

Mais a centro, as bonecas de trapos de Querença reproduzem os costumes locais desta aldeia do concelho de Loulé. Retratam os hábitos locais, exibindo trajes tradicionais, outrora usados nos trabalhos do dia-a-dia. Com cerca de 25 centímetros de altura, e vestidas a rigor com roupas regionais, têm o rosto bordado e os cabelos feitos em lã. Na sua confecção, utiliza-se arame forte, trapos de toda a espécie, espuma e tecido.

Bonitas e pitorescas, são uma excelente opção para quem gosta de comprar pequenas recordações.

Actualizado em: 21-10-2014

Visitante: 20996887

  • Turismo de Portugal